A sério que sim
5.9.13

A RTP, que durante o consulado socrático não passou de uma caixa de ressonância do seu programa; a RTP, que enquanto Sócrates governou, se prestou, pelas mãos amigas e submissas de Judite e Alberto Carvalho, ao papel ignóbil de lhe dar tempo de antena para limpar a sua (salpicadíssima) imagem; a RTP, que para manter o seu status-quo de intocabilidade, tem exibido linhas editoriais mais próprias do Acção Socialista; a RTP, que todos os Domingos exibe uma homilia a solo de José Sócrates sem qualquer tentativa de contraditório; esta RTP foi processada pelo PS porque "parte da direcção de informação comporta-se como servente do Governo". A parte, imagino, que se recusou a comportar-se como servente do Partido Socialista.

tags: ,
link do postPor João Sousa, às 09:41  comentar

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO