A sério que sim
1.10.13

Há comentadores e comentadeiros que persistem na "narrativa" de que "Passos Coelho deve ouvir os portugueses", e que estes, no Domingo, "manifestaram não querer mais austeridade" e etc.

 

Não é possível, com cara séria, defender à Segunda, Quarta e Sexta que os portugueses sabem separar as eleições, e à Terça, Quinta e Sábado que os resultados devem ser lidos com significado nacional.

 

Eu votei CDU nas autárquicas. Eu nunca consideraria votar CDU para governar o/um país. Apesar disso, sempre votei CDU em autárquicas, pois tenho boa impressão do seu trabalho aqui no poder local. Não votei CDU por gostar ou deixar de gostar do governo Passos.

 

De igual forma, estou convicto de que o PSD perdeu Lisboa por causa de Seara - e apesar de Costa. O PSD perdeu o Porto porque insistiu em Menezes, e perdeu em Gaia porque propôs o verme Abreu Amorim. Em nenhum destes locais eu votaria no candidato do PSD - por causa do candidato, não por causa do partido. Por isso, aguardo com impaciência que os senhores comentadores deixem de tirar conclusões abusivas daquilo que fiz ou deixei de fazer este Domingo.

 

Na verdade, esta derrota do PSD é explicável por um simples facto: o PSD apresentou vários péssimos candidatos.

link do postPor João Sousa, às 14:05  comentar

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO