A sério que sim
18.10.13

Aos bochechos, como se fossem teasers de um qualquer blockbuster de Hollywood, vão saindo fragmentos da entrevista que Sócrates deu a Clara Ferreira Alves (quem mais?). Sócrates diz, com a inocência das crianças, que nacionalizou o BPN porque "não sabia o que aquilo era". Pelos vistos, não sabia ele; não sabia Teixeira dos Santos, ministro do sector; não sabia o inepto Constâncio, governador (pago imperialmente) que, com um encolher de ombros, afirmava não fazer a mais pequena ideia do que se passava no sector que devia supervisionar; nem o sabiam as centenas de funcionários do Banco de Portugal, pagos regiamente, mas cuja utilidade ninguém me conseguiu nunca explicar.

Portanto, Sócrates e este bando estão ilibados. Se "não sabiam o que aquilo era", porquê esperar que fossem à descoberta?

tags:
link do postPor João Sousa, às 15:02  comentar

De Naçao Valente a 19 de Outubro de 2013 às 18:00
Desculpe-me se mal pergunto: Se estivesse V.Ex.ª nesse lugar, com a informação existente e com a ameaça de se desencadear uma situação em cadeia no sector bancário, o que fazia?

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO