A sério que sim
17.11.13

José Rodrigues dos Santos disse em entrevista recente que:

 

"Ler um romance meu é como estar a ver uma grande produção de Hollywood."

 

O rapaz não deixa de ter bastante razão. Tanto o livro de Rodrigues dos Santos como o blockbuster hollywoodesco fazem-se anunciar por maciças campanhas publicitárias; depois revelam-se longos, cansativos, barulhentos, histéricos, pouco credíveis; no fim, deixam ambos a sensação de tempo e dinheiro desperdiçados.

link do postPor João Sousa, às 18:17  comentar

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO