A sério que sim
2.1.12

Particularmente desonesto na falácia de Fernando Medina é que o fecho destes 20 centros de Novas Oportunidades não tem a ver com opções políticas. Catorze vão fechar por não terem cumprido "metas contratualizadas": pelos vistos, este PS continua a achar que "honrar compromissos" é um conceito anacrónico - ou talvez uma ideia de crianças. Os restantes seis vão fechar a pedido dos próprios promotores.

 

Fernando Medina diz que "há estudos que indicam que se Portugal tivesse o nível de qualificação dos países mais avançados o PIB potencial seria cerca de dois pontos superior ao actual (...) É por isso que o prosseguimento com êxito da iniciativa Novas Oportunidades é tão importante para todos nós". Medina continua a querer confundir qualificação com certificação. A maioria das Novas Oportunidades entregava certificações - mas não qualificava. Mas o que importa isto a um fiel de quem se certificou a um Domingo?

link do postPor João Sousa, às 13:53  comentar

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO