A sério que sim
31.10.14

O António questiona-se sobre como foi possível a reeleição de Dilma. Eu não tenho respostas definitivas - mas sempre vou dizendo que não chamamos aos brasileiros "povo irmão" por acaso. Os brasileiros, apesar de todas as evidências, votaram pela manutenção do petismo; os portugueses, apesar de todas as evidências, mostram-se dispostos a votar o regresso dos socráticos. Onde está a diferença?

link do postPor João Sousa, às 10:05  comentar

27.10.14

tiririca-1.jpg

Já vi muita coisa estranha na política brasileira, é um facto.

 

Dilma foi reeleita. A questão que coloco, e que humildemente peço aos caros leitores brasileiros que respondam é: como foi possível?

link do postPor António Pinto, às 16:51  comentar

26.10.14

O relatório do IGFEJ sobre o colapso do Citius indica que "chefias intermédias terão omitido informações importantes durante todo o processo".

"(...) as suspeitas, a confirmarem-se [...] poderão configurar a prática de ilícitos de natureza disciplinar ou criminal."

Isto tem de ser investigado e bem investigado. Quando se afirma que podem ter existido ilícitos de natureza "disciplinar" ou "criminal", está-se a lançar a suspeita de que pode ter havido negligência ou, muito pior, sabotagem. E eu quero saber, para lá de qualquer dúvida, se temos actores políticos na função pública suficientemente irresponsáveis e amorais para usarem um dos pilares do Estado de Direito nos seus joguinhos de poder.

link do postPor João Sousa, às 20:08  comentar

24.10.14

pescadinha_de_rabo_na_boca.jpeg

O presidente da Câmara da Covilhã, eleito pelo PS, achou Sócrates merecedor de uma medalha de ouro municipal. Por coincidência, na mesma cerimónia a Câmara entregou uma medalha de mérito à Universidade da Beira Interior. Por coincidência, Sócrates é membro do Conselho Geral desta universidade (na qualidade de personalidade externa). Por coincidência, esta universidade, em cujo Conselho Geral está a personalidade externa Sócrates, atribuiu no dia seguinte um doutoramento "honoris causa" a Zeinal Bava, tristemente conhecido nestes dias como um dos mais influentes carrascos da PT e, talvez, o mais fiel executante da estratégia socrática para a empresa.

link do postPor João Sousa, às 11:09  comentar

21.10.14

208073_1780133182198_1205478900_31584212_5254237_n

Curiosamente, muito pouco tempo depois de António Costa transformar o PS numa espécie de albergue para os defuntos socráticos, eis que emerge o nosso bandoleiro favorito. 

 

Homenageado na Covilhã, pelas mãos do edil socialista, pois claro, Sócrates, o Magnífico, falou de dívidas de gratidão, relações desequilibradas e de ajustes de contas.

 

Juntamos a esta narrativa o passado azarado deste aplicado estudante e vemos que entregar-lhe as chaves da cidade foi um verdadeiro acto de coragem.

link do postPor António Pinto, às 16:55  comentar

16.10.14

1293646343_1.jpg

Esta não-questão que cresceu após as críticas feitas à forma física que Jessica Athayde apresentou na Moda Lisboa gera respostas a dois níveis distintos. Um, claramente o primeiro, mais emotivo e irracional, manifesta-se no meu post anterior. Sem construções, sem elaborações mais ou menos complexas, sem filtros. É inacreditável que uma mulher com um corpo como o da Jessica Athayde seja criticada por ter um corpo como o da Jessica Athayde. 

 

Depois de calar a revolta do animal que nos habita, podemos entregar-nos a alguma interpretação.

 

O mundo da moda é isto. Longe do glamour, dos holofotes e das passarelles, esconde-se um grupo de homossexuais ressabiados, frustados e zangados com a vida. Acompanhados de algumas mulheres gastas antes do tempo, consumidas pelo abuso de substâncias ilegais, trilham este percurso de redução da imagem da mulher à de um cabide para pendurar roupa. À sua lamentável incapacidade de exibir seios generosos ou uma anca digna de registo, respondem com a censura desesperada de quem acha que calças roxas que se enfiam no rabo estão muito bem. A perversa eliminação de todos os traços femininos do corpo da mulher ganha facilmente adeptos/as junto de adolescentes mais ou menos ignorantes, se for introduzida como condição sine qua non para aceder ao universo luminoso dos desfiles em Milão ou Paris. É um gigantesco jogo de exibição, frustração e prostituição no qual, infelizmente, é impossível voltar à casa de partida.

 

Nota: a senhora da imagem chamava-se Isabelle Caro. Escrava dos preceitos da moda, cedo caiu na armadilha da anorexia. Passou os últimos anos da sua miserável existência a lutar para que outras jovens não lhe seguissem as pisadas. Morreu em 2010, com 28 anos, por todas as razões erradas.

link do postPor António Pinto, às 16:48  comentar

ng3622017.jpg

 

Jessica Athayde criticada pela forma física exibida durante um desfile para a Cia Marítima...

 

Foda-se!

link do postPor António Pinto, às 11:43  ver comentários (1) comentar

14.10.14

879233.jpg

Há uns meses, o alcaide António Costa queria para si a gestão do Metro e da Carris. Até nisto se percebe a sua incompetência. Pelo que foi evidente nestas últimas semanas, António Costa tem muito mais necessidade - da Transtejo.

link do postPor João Sousa, às 09:56  comentar

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO