A sério que sim
3.4.12

O luso-rambo Pedro Nuno Santos, o tal da "imagética rica" que sabia como fazer tremer as pernas dos banqueiros alemães, demitiu-se da vice-presidência da bancada parlamentar do PS. Segundo a notícia do Diário Económico, Pedro Nuno Santos "invocou razões de carácter pessoal" para a decisão de se afastar da direcção da bancada, mas deputados próximos do ex-líder da JS referiram que a demissão se deve "a divergências políticas".

 

Eu acredito mais na segunda hipótese. É que para serem "razões de carácter pessoal" a causa para a demissão, tornava-se necessário que existisse carácter...

link do postPor João Sousa, às 19:08  comentar

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO