A sério que sim
1.6.12

A demissão do Conselho de Redacção do Público com convocação de eleições não tem a ver com jornalismo: é pura luta de poder. A começar pelo argumentário da "clarificação" e "legitimação", tão usados nos partidos políticos e clubes de futebol quando o objectivo é asfixiar a oposição interna antes que esta adquira suficiente massa crítica.

 

Já antes manifestei a minha estranheza pelas razões que levam um grupo como a Sonae a sustentar estas brincadeiras. Espero enganar-me, mas o outrora jornal de referência Público arrisca-se a seguir o mesmo caminho que a defunta A Capital.

link do postPor João Sousa, às 10:14  comentar

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO