A sério que sim
17.3.13

Cerca de 20.000 funcionários públicos, nomeadamente professores, polícias e trabalhadores hospitalares, protestaram ontem contra as medidas de austeridade e exigindo melhores condições salariais e de trabalho.

 

Esta manifestação não ocorreu em Lisboa, nem no Porto, nem sequer em Coimbra. Foi em Berna, Suíça. Suíça, de todos os lugares!

 

Michael Gerber, porta-voz regional dos professores do sindicato LEBE, referiu que o cantão de Berna cancelou, há seis anos, uma lei que assegurava os aumentos automáticos dos professores(!), passando estes a depender de decisões anuais do Governo regional.

 

Duas coisas me ocorrem. Primeiro: a ideia de suíços virem para a rua queixarem-se dos ordenados e das condições de trabalho faz-me sorrir. E em segundo: os sindicatos, lá, conseguem ser tão nefelibatas e irresponsáveis como os nossos.

link do postPor João Sousa, às 13:50  comentar

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO