A sério que sim
8.4.13

A coberto da noite, alguém rasgou uns painéis da Fundação José Saramago. De pronto, esta veio insurgir-se - e, não se contendo, fez uma associação extremamente forçada entre estes actos de vandalismo e outros "actos de vandalismo" que afirma estarem sendo praticados contra "a soberania e os direitos" de Portugal. Uma coisa é evidente: o espírito gratuito de José Saramago sobrevive na fundação com o seu nome.

 

Como eu não gosto de vandalismos, não tenho problema algum em também condenar esta reinterpretação gráfica que alguém fez aos ditos painéis. Mas, pela mesma razão, acho muitíssimo mais danoso o acto de vandalismo que António Costa perpetrou contra a Casa dos Bicos - ao dá-la para guarida da Fundação José Saramago.

link do postPor João Sousa, às 16:05  comentar

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO