A sério que sim
7.2.16

marie_antoinette.jpg

António Costa, a propósito do aumento de impostos (que ele prometeu não haveria, portanto deve ser uma ilusão de óptica), terá aconselhado os portugueses a "usarem mais transportes públicos, deixarem de fumar e moderarem o recurso ao crédito". Primeiro: o que diriam os "comentadeiros" do costume se fosse um político de direita a dizer uma coisa destas? Segundo: onde se escondeu o jornalismo que deturpava toda e qualquer declaração de Passos Coelho? Terceiro: irá o governante António Costa dar o exemplo e usar transportes públicos? (Resposta: claro que não, é o contribuinte quem lhe paga o imposto que consome). Quarto: como podem os portugueses usar mais os transportes públicos se, ao reverter as privatizações destes, deixa os passageiros de novo reféns do sindicalismo que se acoitou no sector? Quinto: irá o governante António Costa dar o exemplo e moderar o recurso ao crédito?

 

E já agora, por onde anda o jornalismo que permite a António Costa o descaramento de declarar "que tivemos de fazer cedências, com certeza, ninguém pode fazer uma negociação e chegar a acordo no pressuposto de que são os outros que fazem cedências"? Perante isto, sabendo como sabemos que António Costa não mente nunca (e quando o parece fazer, é a realidade que está errada), só podemos concluir que a sua absoluta intransigência nas "negociações" com a coligação após as eleições significava que ele foi para essas negociações - sem qualquer intenção de negociar. O que, na minha modesta terrinha, se chama - hipocrisia.

link do postPor João Sousa, às 09:47  comentar

De bintoito a 7 de Fevereiro de 2016 às 23:02
Está armado em pastor de uma igreja da esquina? Comece a andar de burro que é mais rápido segundo a sua experiência, deixe-se de espalhar fumaça e modere a carga fiscal com que nos derruba. Ando nas obras e tenho que carregar equipamento para matas e hortas onde mesmo carros de bois mal conseguem chegar quanto mais transportes públicos. Dou-lhe boleia na minha lambreta mas ajuda-me a carregar todo o material. Se não atrapalhar a marcha chegaremos aos destinos no mesmo dia mas equipe-se com botas biqueira de aço, capacete e subideiras metálicas para trepar aos postes da corrente elétrica.

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO