A sério que sim
4.12.14

Não ditadas a um colaborador próximo mas sim escritas a tinta vermelha, vão aparecendo nos jornais as cartas que Sócrates escreve na sua cela preventiva. O mesquinho em mim pergunta se também terão sido escritas em francês e depois traduzidas pelo autor.

 

Brincadeiras à parte, penso que há potencial para outro best-seller. A Fundação Mário Soares, entre atribuir obras a Sherlock Holmes e armazenar primeiras edições de Rui Mateus, devia publicar as memórias do cárcere de Sócrates. Até já pensei num título que, se me é permitida a imodéstia, parece-me bem chamativo e muito adequado à personalidade do autor: "A Minha Luta".

tags:
link do postPor João Sousa, às 12:39  comentar

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO