A sério que sim
29.11.17

E se desperdiçar água fosse uma contraordenação?

 

Um advogado e um jurista do Porto, muito curiosamente poucos dias depois de um raide mediático protagonizado pelo Ministro do Ambiente, vão apresentar um conjunto de propostas que incluem, entre elas, uma contraordenação para quem desperdiçar água. Ora eu proponho: e se desperdiçar dinheiro público fosse uma contraordenação? Estarão este distinto advogado e este distinto jurista igualmente dispostos a apresentar um conjunto de propostas neste sentido?

link do postPor João Sousa, às 10:01  comentar

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO