A sério que sim
3.3.16

Eu explico: gralha é escrever punto em vez de pinto, ou querer escrever passado e sair passdo, ou mesmo potra quando era porta o pretendido. Todas as "gralhas" e "erratas" que vêm sendo apostas ao Orçamento de Estado que, antes de o ser, já é o seu próprio Rectificativo, não são "gralhas": são incompetência na melhor das hipóteses - ou pulhice na pior. E dados os actores desta triste comédia, inclino-me para a segunda.

link do postPor João Sousa, às 11:06  comentar

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO