A sério que sim
7.9.17

Num frenesim pueril, os jornais repassam notícias sobre Madonna - como se a sua presença cá significasse a subida no ranking da UEFA e do rating da Moody's. Tenho dedicado a ela, enquanto reformada de luxo, a mesma atenção que lhe dedico enquanto cantora: pouca. Contudo, há um detalhe interessante: segundo parece, ela queixa-se da nossa burocracia. Espantoso: há tão poucas semanas aqui e já nos tirou o retrato.

link do postPor João Sousa, às 08:06  comentar

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO