A sério que sim
12.11.14

O Tribunal Arbitral decretou serviços mínimos para a greve de amanhã do Metro de Lisboa. Isto significa que "deve ser assegurada a circulação de um quarto das composições que habitualmente transportam passageiros". A palavra a reter aqui é habitualmente. O problema é ser tão frequente o Metro estar parado ou com "perturbações" que um quarto das composições habitualmente em circulação pode significar algo como... um comboio de manhã e outro à tarde.

link do postPor João Sousa, às 10:25  comentar

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO