A sério que sim
7.2.17

Os excelsos ciclistas urbanos que não param nas passadeiras precisam de interiorizar alguns conceitos de física básica. É certo que o seu momento linear tende a ser maior do que o meu, mercê de transitarem a uma velocidade superior. Contudo, os meus pés com tamanho 43, por me proporcionarem uma base de apoio muito maior e serem capazes de gerar atrito superior à superfície de contacto das rodinhas das suas biclas, permitem que não seja eu a experimentar os efeitos da gravidade e as consequências das primeira (inércia) e terceira (acção-reacção) leis de Newton quando os eminentíssimos, num arroubo de audácia, pretendem desafiar a velha lei de Arquimedes que postula a impossibilidade de dois corpos ocuparem o mesmo espaço - e tentam ocupar o espaço que já está ocupado por mim.

tags:
link do postPor João Sousa, às 12:35  comentar

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO