A sério que sim
4.7.17

O nosso pequeno César dos Açores, Carlos de seu nome, a propósito do assalto em Tancos e do incêndio em Pedrógão Grande, aponta o PSD e o CDS como causadores da degradação dos serviços públicos.

 

Nós sabemos perfeitamente, e historicamente, que a matemática tem sido sempre o terror dos socialistas. Por isso, peço encarecidamente a alguém com jeito para criancinhas que explique ao pequeno César este pequeno detalhe: o PS é governo há 19 meses e meio. São quase dois anos, quase meia legislatura. Mesmo que PSD e CDS fossem culpados de alguma retracção dos serviços públicos (resultado dos cortes necessários após a bancarrota filha do anterior governo PS), nestes quase dois anos esses mesmo serviços públicos só têm piorado!

 

Mas, posto isto, demos a César o que é de César. Para ajudar na recuperação do glorioso passado dos serviços estatais, aí está, abnegada, toda a família César: o pai César, a mãe César, o filho César, a nora César, o irmão César e a sobrinha César. E acredito ainda que, algures numa repartição, esteja uma gaiola com o periquito César.

link do postPor João Sousa, às 16:09  comentar

22.2.16

O pequenino e nada augusto César dos Açores diz: "o que ficou hoje evidenciado é que o PSD e o CDS não sabem o que dizer sobre este Orçamento". Ora tendo em conta aquilo que foi afirmado e desmentido, nos últimos dias, por Costa e Centeno e restantes muchachos, é o próprio PS que não faz a mínima ideia do que dizer sobre o seu próprio Orçamento.

link do postPor João Sousa, às 21:55  comentar

9.1.16

O pequenino César dos Açores revelou o segredo menos escondido desde os seios de Cicciolina: que dá o seu apoio "pessoal" ao inexplicável Sampaio da Nóvoa. Afirma também que o PS "faz muito bem em não ter uma posição oficial de apoio a qualquer dos candidatos". Fui dar uma olhada aos mandatários e apoiantes "pessoais" de Nóvoa. Só para citar alguns:


Correia de Campos
Gabriela Canavilhas
Isabel Moreira
Rui Vieira Nery
Rosa Mota
Carlos Lopes
Miguel Vale de Almeida
Lídia Jorge
António Pedro Vasconcelos
António Arnaut
Ana Gomes (deixou de ser altura de Portugal ter uma mulher presidente?)
Mário Soares
Jorge Sampaio
Augusto Santos Silva
Edite Estrela
Inês de Medeiros
João Galamba
Jorge Lacão
Vieira da Silva
Capoulas Santos
João Cravinho
José Carlos de Vasconcelos
(e etc, etc, etc...)

 

Esta lista de horror[es] que apoia[m], a "título pessoal", o enevoado Nóvoa, mais não é que o PS histórico, o PS institucional e o habitual ramalhete de "independentes" eternamente pendurados na lapela do PS estatal. Mas que não haja dúvidas: o PS não tem posição oficial sobre os candidatos.

link do postPor João Sousa, às 19:25  comentar


 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO