A sério que sim
17.2.17

fragile-packaging-stickers.jpg

Manuela Ferreira Leite defende que Centeno não está fragilizado (e gosto de ver como, agora, a esquerda arremessa as palavras da outrora "velha" como um farol de clarividência). Mas desta vez concordo com Ferreira Leite: estar fragilizado agora implicaria que, algures no tempo, teria estado fortalecido.

link do postPor João Sousa, às 11:09  comentar

4.2.16

Em Bruxelas, um horrorizado jornalista filmou clandestinamente o pequeno choque com a realidade que as negociações do orçamento representaram para C&C (Costa e Centeno, Centeno e Costa):

link do postPor João Sousa, às 21:43  comentar

29.1.16

Aquilo que os técnicos da UTAO concluíram é aquilo que já esperávamos desde o início desta engenhoca governativa: que as contas do orçamento estavam pesadamente marteladas e maquilhadas.

link do postPor João Sousa, às 08:20  comentar

28.1.16

Bruxelas desmente as previsões da dupla maravilha Costa&Centeno e afirma que o défice português irá chegar aos 3,4%. Eu acho que Bruxelas está a ser extremamente optimista.

link do postPor João Sousa, às 17:28  comentar

1.12.15

Costa e Centeno dizem que o Orçamento de Estado começa do zero. Não, não vem do zero - mas vem de zeros.

link do postPor João Sousa, às 09:34  comentar

5.10.15

Foi impressão minha ou Mário Centeno, quando percebeu que a coisa não ia correr bem, sumiu-se a bom sumir? É que eu ontem não o vi uma única vez.

link do postPor João Sousa, às 18:08  comentar

11.9.15

Consegui arranjar paciência para ver dez minutos da entrevista a Mário Centeno, o próximo ministro das finanças de António Costa, na TVI. Não o ouvi dizer nada de consistente - apenas se limita a fugir à pergunta, tergiversa, escuda-se nos impactos e nos planos e nos torcidos. Temos político, sim senhor.

link do postPor João Sousa, às 21:26  comentar


 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO