A sério que sim
28.8.17

Os meteorologistas previram, com avanço, uma sequência de dias quentes e secos com possível ocorrência de trovoadas. O Estado, na pessoa do Governo, fez orelhas moucas, não avançando qualquer prevenção ou vigilância especial - e ocorreu Pedrógão Grande.

 

Os meteorologistas previram, com avanço, uma sequência de dias com provável chuva. O Estado, na pessoa da Câmara de Lisboa, fez orelhas moucas, não avançando qualquer prevenção - por exemplo, limpando os escoadores. Ocorrem inundações.

 

O Verão fez uma pausa - titulou a Renascença. A inércia estatal, essa, é imparável.

link do postPor João Sousa, às 21:44  comentar

27.8.17

Que fazer quando tudo arde? Ora, sai-se do armário e, com um bocado de sorte, distrai-se o pagode.

tags: ,
link do postPor João Sousa, às 09:08  comentar

15.7.16

O jornal Observador titula que foi encontrada mala suspeita perto da sede nacional do PS. Oh meu caro Observador! O que nunca faltou perto e na sede nacional do PS foram malas suspeitas... como Rui Mateus o pode confirmar.

tags:
link do postPor João Sousa, às 19:25  comentar

26.5.16

O PS desconfia do apoio de Marcelo ao governo. O mesmo PS estaria escandalizado se Marcelo hostilizasse o governo. Mas aquilo que preocupa o PS não é a hipótese de Marcelo ter dado à geringonça um prazo de validade até às autárquicas. O que realmente deve estar desesperando o PS é saber que terá de governar até às autárquicas - e dessa forma demonstrar, com a realidade de dois anos de governação, como a política actual é suicida.

link do postPor João Sousa, às 09:05  comentar

14.4.16

Elisa Ferreira, em 2009, dizia que "o dinheiro é do Estado, é do PS". Será que alguém com tal convicção deve ser vice-governadora do Banco de Portugal? Eu nem sequer a deixaria ser vice-governadora de uma gestão de condomínio, mas a realidade é que a teremos no BP - e agora, talvez se compreenda o porquê de não mais termos visto Costa (António) fazer guerrilha contra Costa (Carlos).

link do postPor João Sousa, às 09:31  comentar

16.2.16

O PS quer impor às empresas cotadas em bolsa um mínimo de 1/3 de mulheres nos seus conselhos de administração. Imagino que, se as empresas não tiverem como cumprir tais quotas, podem pedir ao próprio PS que forneça várias das suas militantes para os lugares em falta.

 

Mas o que raio tem o governo a ver com quantas mulheres, ou homens, ou indecisos, as empresas privadas cotadas na Bolsa têm na gestão? E que legitimidade tem este PS para impor, ao sector privado, 1/3 de mulheres nas administrações, quando o seu próprio governo é constituído por menos de 1/4 de ministras?

tags: ,
link do postPor João Sousa, às 17:36  comentar

1.2.16

Porfírio Silva, conselheiro de António Costa, diz recear que a Europa se transforme numa URSS sem KGB. Mas, dado o tipo de pessoa que o diz, não nos enganemos: o que tira o sono a Porfírio não é a metamorfose em URSS - é mesmo a ausência de KGB para ter mão nisto. 

tags:
link do postPor João Sousa, às 20:50  comentar

29.1.16

Aquilo que os técnicos da UTAO concluíram é aquilo que já esperávamos desde o início desta engenhoca governativa: que as contas do orçamento estavam pesadamente marteladas e maquilhadas.

link do postPor João Sousa, às 08:20  comentar


 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO