A sério que sim
12.12.18

barco em ruínas.jpg

 

Com a cara-de-pau que é endémica aos motoristas que se vão revezando na condução desta gerigonça, o ministro do Planeamento e das Infraestruturas (curiosa denominação, dada a falta de planeamento que existe na manutenção dos transportes públicos e a degradação crescente e visível das nossas infraestruturas) Pedro Marques disse que o governo PS já tinha investido "12 milhões de euros na recuperação de material circulante fluvial".

 

Para começar, temos o clássico embuste: o governo PS, ao contrário do que a excelência ministerial diz, não "investiu" dinheiro algum - foi o contribuinte que o pagou.

 

Mas o mais insultuoso, e é claro que o jornalismo que temos não vai pegar nestes números nem com pinças, é o ministro que tem a soberba de falar em 12 milhões de euros gastos, ao longo dos três anos de legislatura, na manutenção de um transporte que serve anualmente milhões de passageiros, pertencer ao governo que se orçamentou, para viagens que fará em 2019, com 116 milhões de euros (quase o décuplo). Por comparação, em 2018 o governo gastou 89 milhões de euros em viagens. Ou seja: os 12 milhões de euros que o governo gastou em três anos na manutenção dos cacilheiros não cobrem nem metade da diferença (27 milhões de euros) entre os orçamentos de 2018 e 2019.

 

Já agora, uma pequena comparação. No ano (2015) em que mais gastou em viagens, o governo de Passos Coelho ficou-se pelos 70 milhões de euros, nunca tendo superado os 60,4 entre 2011 e 2015.

link do postPor João Sousa, às 18:43  comentar

5.11.18

2d0b405b8755cdbca23d5077c7211013.jpg

E é a isto que está reduzido o regime. Que tristeza.

link do postPor João Sousa, às 17:11  comentar

30.9.18

Cavaco Silva interrompeu o seu silêncio para declarar que achou o processo político de não recondução da Procuradora Geral da República "estranhíssimo". Convém recordar que, já em Fevereiro, Cavaco Silva achava "estranhíssimo falar-se da substituição da PGR com 10 meses de antecedência".

Marcelo Rebelo de Sousa respondeu, porque Marcelo é incapaz de não responder ao que quer que seja. E o que disse Marcelo? Que faltou "sentido de Estado" a Cavaco Silva.

Vou repetir, para ver se consigo acreditar no que li. Este Marcelo:

Marcelo Flash Interview

marcelo calções.jpg

marcelo boné.jpg

marcelo xutos.jpg

 sub_19_marcelo_rebelo_de_sousa_foto.jpg

acusou Cavaco Silva (de entre todas as pessoas!) de não ter sentido de Estado. Que homenzinho ridículo.

link do postPor João Sousa, às 22:50  ver comentários (3) comentar

Sexta-feira passada, ainda não eram seis horas da tarde, recebi um telefonema da minha mãe: queria saber quem fora o juiz sorteado para o processo Marquês. Quando lhe disse ter sido Ivo Rosa, ela exclamou: "Bolas... lá vai aquele pilantra do Sócrates safar-se.". Que a minha mãe, pessoa que nunca dedicou à política mais do que um vago interesse, o suficiente apenas para ver "quem tem cara honesta", soubesse algo tão rebuscado como a data de um sorteio de juízes (ou será mais apropriado escrever "sorteio"?) e as previsíveis consequências do seu resultado, denota bem o impacto deste assunto-Sócrates.

link do postPor João Sousa, às 18:24  comentar

9.3.18

O título da notícia diz "Multa pesada para Guardiola por apoiar presos políticos da Catalunha" mas o título está enganado. Na Catalunha não há presos políticos mas sim políticos presos. Nenhum daqueles políticos, profissionais ou amadores, está preso por delito de opinião - no caso, a sua militância pela independência da Catalunha. Eles estão presos, sim, por terem desrespeitado a lei.

tags:
link do postPor João Sousa, às 20:17  comentar

As Finanças afirmam que não demoraram seis meses a desbloquear o dinheiro necessário para as obras na ponte 25 de Abril. Vai na volta, ainda dizem ter sido mais um "erro de percepção mútuo" - tão frequentes quando o ministério de Centeno é um dos interlocutores.

tags:
link do postPor João Sousa, às 01:22  comentar

7.3.18

relatório-tancos-público.PNG

O Ministro da Defesa terá prometido entregar até Fevereiro um relatório sobre o pós-roubo de armas em Tancos - o tal que o próprio ministro afirmou que, no limite, pode nem ter havido. Pois eu agora digo que este relatório atrasado, no limite, pode nem existir.

link do postPor João Sousa, às 09:22  comentar

25.2.18

"Estão a tentar fazer a cama ao Rui Rio" - diz o homem que passou uma legislatura a tentar fazer a cama a Passos Coelho.

link do postPor João Sousa, às 14:11  comentar


 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO