A sério que sim
22.11.13

O velho Soares começou o seu monólogo semanal no DN com um elogio a Ramalho Eanes. Pessoalmente, acho que o simples facto de Soares elogiar Eanes é um atentado à Honra deste.

 

Em dado passo, o geronte Soares afirma:

 

"Tivemos divergências depois da reeleição do presidente [Eanes] em quem aliás votei."

 

Almas caridosas podem dizer que isto é o cansaço de uma mente jurássica, mas eu digo que não. A senilidade, pelo seu carácter imprevisível, tende a ser aleatória. Este episódio de reinvenção do passado não foi casual mas sim objectivo.

 

O triássico Soares afirma que votou na reeleição de Eanes. Terá sido para melhor votar em Eanes que Soares, então secretário-geral do PS, recusou apoiar a sua recandidatura? Terá sido por votar em Eanes que Soares iniciou o processo de ruptura com Francisco Salgado Zenha que acabou na sua saída do partido?

link do postPor João Sousa, às 10:18  comentar

 
subscrever feeds
Statcounter
blogs SAPO